Scroll Top

Estudo sobre Naamã – Quem ele Era

Naamã que ele era

Naamã sendo curado da Lepra

Introdução do Estudo sobre Naamã

Texto:  2 Reis c2 v1

“E NAAMÃ, capitão do exército do rei da Síria, era um grande homem diante do seu senhor, e de muito respeito; porque por ele o SENHOR dera livramento aos sírios; e era este homem herói valoroso, porém leproso.”

Lendo a bíblia sagrada Deus me trouxe uma grande revelação através da vida deste homem.

Foi orando e lendo a bíblia que Deus sussurrou no meu ouvindo me dizendo: “Ele vivia uma vida dupla”

Por um momento eu parei, pensei e comecei a meditar no que o Senhor havia me dito.

E o que Deus me revelou foi tão forte, que quando preguei este sermão  pela primeira vez na igreja onde congrego, vi muitas pessoas chorando e se arrependendo na presença do Senhor.

Vamos então analisar a vida deste homem, e aprender algumas lições espirituais

 

I – O HOMEM QUE VIVIA UMA VIDA DUPLA

Vamos analisar seu perfil, para entendermos melhor


Quem era Naamã?

1.1 – Ele era um general vencedor

Naamã havia atingido o topo do sucesso, pois através dele o povo havia saído vitorioso de uma batalha, era um herói para o seu povo, imagino que onde passava era reconhecido pelo sucesso de seu trabalho, havia atingido o topo da satisfação pessoal.


1.2 Ele era rico

Você já conheceu um general pobre?

Seria quase impossível encontrar, ainda mais se fosse um vencedor como Naamã, tenho certeza que ele tinha uma das melhores casas, as melhores, roupas, a dispensa de sua casa era cheia, empregados não faltava, se fosse hoje com certeza teria um carro zero, sem contar que era queridinho do rei.


1.3 – Ele era respeitado

Tenho certeza que por onde passava era admirado e notado, todos queriam estar perto de Naamã.

Os jovens queriam ser como ele, e as garotas se casar com alguém como ele.

Ele era o modelo de um vencedor, um ícone para o seu tempo.

1.3 – Porém, Ele era leproso

Nas ruas, nos becos e nas reuniões ele era um herói, aclamado, admirado e notado, mas a partir do momento que ele entrava no seu quarto e fechava a porta, a lembrança da lepra que estava no seu corpo vinha à tona.

Quem o via pelas ruas, não sabia que por detrás de toda aquela pompa havia um leproso.

Quem ia imaginar que um dos maiores ícones do país tinha uma doença mortal.

Reflexão da Palavra

A lepra oculta aos olhos de todo povo, é símbolo do pecado oculto.

Quantas pessoas têm vivido uma vida semelhante à Naamã.

Pessoas que tem a admiração de toda Igreja, são aclamados, admirados e considerados colunas da Igreja.

Na igreja demonstram uma espiritualidade fora do comum, seguem os costumes e os dogmas da Igreja a risca, cantam, pregam e até dão conselho espiritual.

Mas quando estão em lugares que os irmãos não podem ver, fazem coisas terríveis e levam uma vida completamente contraria a palavra de Deus.

Obras como adultério, pornografia, prostituição, bebedices, mentiras, estelionato, espancadores de mulheres e outras coisas infinitamente piores do que estas.

Levam uma vida de aparência, são verdadeiros leprosos sem compromisso com Deus.

Quantos Naamãs estão dentro de nossas Igrejas, aparentam uma coisa, mas o seu interior está completamente deteriorado.

Talvez você têm levado uma vida como esta, mas quero lhe dizer que a lepra mata.

Sejamos santos, não apenas na Igreja, mas também fora dela, pois o mundo necessitada experimentar o sal da terra.

Parte 2 do Estudo sobre Naamã CLIQUE AQUI

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
Participe do Programa Teologia para Todos 2017 - CLIQUE AQUIQUERO PARTICIPAR